Promover o Potencial Humano: Bem-estar eudemónico, funcionamento ótimo e desempenho ao longo do ciclo de vida, intervenções comportamentais e o seu impacto na saúde

Resumo do Projeto

 

Os objetivos deste grupo de investigação são:

Compreender o papel de fatores psicológicos disposicionais (como espiritualidade, transcendência espiritual, bem-estar espiritual, e mindfulness/atenção plena) nos comportamentos de saúde, na adaptação positiva à mudança (individual, intra e inter-grupos) e no bem-estar e florescimento psicológicos ao longo do ciclo de vida.

 

Desenvolver e testar intervenções psicológicas e comportamentais (e.g. atividade física, Exercício de Movimento Meditativo, Treino de Mindfulness ou Atenção Plena, e intervenções baseadas na sugestão hipnótica e não hipnótica ) que promovam a melhoria de sintomas clínicos, a saúde, desempenho e o bem-estar eudemónico.

 

Estudar fatores psicológicos individuais e de interação nos grupos (e.g. cooperação; eficácia coletiva) que promovam o funcionamento ótimo das pessoas e dos grupos (e.g. desempenho, bem-estar, florescimento psicológico).

 

Membros da equipa do Projeto:

Maria João Gouveia (Coordenadora)

Pedro Almeida

Cláudia Carvalho

Rui Bártolo Ribeiro

Sofia Menéres

 

Outras informações:

colaboradora externa - Marta Moreira Marques

 

Outros Projetos em curso:

 

- Spiritual health, psychological and flourishing well-being in different age groups and contexts

(Saúde espiritual, bem-estar e florescimento psicológico em diferentes grupos etários e contextos)

Resumo: Explorar preditores disposicionais do Bem-estar espiritual (personalidade e orientações para a felicidade) e estudar o seu contributo longitudinal para o estado de saúde (físico e mental), o Bem-estar eudemónico (Ryff, 1989) e o Florescimento Psicológico (Diener et al. 2010) em diferentes fases do ciclo de vida (adultos e idosos), em populações saudáveis e com doença (física e mental) e em diferentes contextos (desporto-natureza).  Contribuir para  a validação do Spiritual Health and Life Orientation Measure (SHALOM; Fisher,2010a) recentemente considerado o melhor instrumento para estudar a relação do BEE com outras medidas de bem-estar (Meezenbroek et al. 2010).

 

Open label placebo on the treatment of Chronic Low Back Pain

(Utilização não enganadora do placebo: replicação e ampliação de um estudo experimental na lombalgia)
Resumo: Clinical study with a longitudinal design. Patients will be randomized to receive open-label placebo immediately at base-line or be eligible to receive open-label treatment three weeks after baseline measurements. Therefore all patients will be eligible to receive open-label placebo treatment for their chronic low back pain during the course of the study. Primary outcome measure is pain intensity. Enrollment started in November 2013. Currently recruiting.

Study was approved by the Comissão de Ética do Centro Hospitalar de Lisboa Ocidental. ClinicalTrials.gov Identifier: NCT02022124.

 

Horários e Contactos

Atendimento a Investigadores:

2ª feira das 10:00h às 13:00h

4ª feira das 15:00h às 17:00h

 

Contactos
Tel: 218 811 700 (ext. 310)

Fax.: 218 860 954

Email: ci@ispa.pt

 

Morada

Rua Jardim do Tabaco, 34

1149-041 Lisboa